DOCUMENTOS

As causas podem ser diversas, mas é fato inconteste que bem provavelmente o Gabinete perdeu parte de seu acervo de documentos históricos no decorrer dos anos. De qualquer forma, uma gama muito grande de preciosidades documentais ainda se encontra de posse da entidade.
Catalogar, preservar e divulgar tais documentos é tarefa necessária, mas que requer a ação de pessoal especializado, mais ainda, no que concerne à recuperação física de parte deste material, deteriorado pelo tempo e por más condições de armazenagem, o que sem dúvida pressupõe altos gastos, os quais a entidade não tem condições de efetuar.
A existência de documentos originais da Intendência de Campinas e da Comarca de Jundiaí dos anos de 1860 a 1890, por si só representam um achado, que poderá preencher lacunas da história da cidade e do Estado. Ademais, diversas cartas, panfletos e escritos diversos, de operários, engenheiros e chefes da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, inclusive o comunicado de sua instalação no município, cobrem momentos marcantes da história do início do século em nossa região.
Atas e cartas de nomeação de patente militar para a guarnição local da Guarda Nacional, são outras relíquias que se encontram em poder do Gabinete, e que precisam vir a público, auxiliando a toda pesquisa histórico documental de São Paulo.

HISTÓRICOS

PEQUENA RELAÇÃO

DE DOCUMENTOS

HISTÓRICOS DIVERSOS

  • Lote de documentos legais, provavelmente de registro de imóveis, datados dos anos de 1860 a 1980.

 

  • Cartas patentes da Guarda Nacional, do fim do Império e início da República

 

  • Relatórios técnicos, cartas circulares originais e outros documentos da Companhia Paulista de Estrada de Ferro, datados do período de 1906 a 1930.

 

  • Recortes de jornais sobre o movimento grevista de 1906 na Companhia Paulista de Estrada de Ferro (primeira greve operária do país), panfletos originais do movimento, circulares internas da empresa, avisos da Igreja e do delegado de polícia.

 

  • Diversos recortes de jornais da época, acompanhando o desenrolar da tramitação do projeto de lei de Eloy Chaves que regularizou as Caixas de Pensão Previdenciárias organizadas pelos sindicatos e associações de classe.

 

  • Uma centena de outros documentos, cartas e registros diversos que necessitam de catalogação